Saturday, February 07, 2015

Quem?

Quem?

Tu falas, tu calas-te,
tu bebes, tu olhas.
E nada tem importância,
podes ir para casa ou 
deitar-te ao rio, vem
a dar no mesmo. 
Quem se lembrará de ti?
Quem te vê quando tu
andas a pé pelas ruas 
da cidade adormecida?
E no entanto sofres,
alegras-te, dás
importância ao que
acontece, fazes
planos para o futuro,
às vezes tens remorsos
dos pecados que nunca
cometeste. Fala ou
cala-te. Morre ou
vive. A indiferença
dos deuses é eterna.



Santa Barbara, 18 de Maio de 2005

No comments: