Thursday, September 25, 2008

Her sitter jeg

Mónica
(1949-2008)


Jeg har villet skrive om mange ting i disse papirer men ikke gjort det. Jeg har hat god grund til å frykte det verste og heller tie. Vårt liv og vår tid kan gå sin gang for mig, alt kan gå sin gang for mig. Her sitter jeg.

Knut Hamsun, På Gjengrodde Stier, 1949

Monday, September 22, 2008

A writer

When I am asked what I do I try to avoid an answer. Besides, who dares to say of himself that he is a writer? At best he can say: I have written some books. Now and again I even think that I am unable to define clearly what the subject of my work is, or what distinguishes real literature from mere writing, the kind that anyone is capable of, even if he never went to school to learn his letters.

Ivan Klíma, Love and Garbage, Vintage International
(translated from the Czech by Ewald Osers)

Saturday, September 20, 2008

The Master Builder


"Ibsen had come to Gossensass in July 1889 . . . On the outskirts of the town there was a valley named the Pflerschtal, with a stream flowing through it and a view of mountains and glaciers. While walking here, Ibsen saw a girl seated on a bench with a book. He came and sat beside her, and learned her name, her parentage, her home residence and the fact that in Gossensass they lived so near together that his windows looked into hers."


Henrik Ibsen to Emilie Bardach 11 years later:

“Accept my most deeply felt thanks for your message. The summer in Gossensass was the happiest, the most beautiful, of my whole life. I scarcely dare to think of it—and yet I must think of it always. Always! Your truly devoted H.I.”

http://www.sparrowsp.addr.com/theatre%20pages/master_builder.htm

Wednesday, September 17, 2008

Poesia

- Nunca percebi por que razão é que você não lê poesia.
- Poesia? O que é a poesia?

Sunday, September 14, 2008

Democracia universal

Como os Estados Unidos se consideram responsáveis pelo que se passa no mundo em geral e o mundo em geral acaba por sofrer seriamente as consequências das decisões do presidente americano, que tal permitir aos cidadãos de outros países e continentes que votem nas eleições presidenciais americanas? Era um passo mais para a institucionalização da democracia universal.

Wednesday, September 10, 2008

As palavras e as coisas

As palavras contaminam as coisas. As coisas deixam de ser coisas, transformam-se em palavras. As pessoas usam as palavras como se elas fossem coisas; iludem-se, as palavras são aparências erradas das coisas, falsas coisas que nada têm a ver com as coisas. Para não discordarem excessivamente, as pessoas trocam palavras em vez de trocarem coisas. É menos arriscado? O mundo das palavras e o mundo das coisas são distintos, mas as pessoas confundem-nos sem se darem conta disso. Na realidade as pessoas não vivem no mundo das coisas, no meio das coisas; vivem no mundo das palavras, rodeadas de palavras. O mundo das palavras é uma caverna, as coisas estão lá fora. Quando as coisas não têm palavras que as possam nomear ou dizer o que é que acontece? O silêncio? O silêncio seria indício de respeito. As coisas para as quais não há palavras escapam à domesticação comercial universal sentimental pela palavra. Como é impossível falar delas, elas subsistem como mistério, como coisas sem nome, como puras coisas, coisas genuínas não corrompidas pelas palavras. Há mais coisas do que palavras. Quem não o ignora sempre desconfia da certeza com que as palavras pretendem impor-nos o mundo como espaço limitado onde só há as coisas que as palavras dizem que são coisas, as coisas que na realidade não são coisas mas palavras.

Sunday, September 07, 2008

Friday, September 05, 2008

Wednesday, September 03, 2008

Bla bla bla

De vez em quando recebo mensagens a informar-me de que o poeta Y ganhou mais um prémio, de que grandes poetas ou contistas são Z e M, de que o romancista X "é o maior romancista da Península Ibérica" e, segundo o reputado S, "o herdeiro de Conrad e de Faulkner", bla bla bla... Eu também sei ler. E não acredito no valor dos prémios nem estou de acordo, frequentemente, com o que dizem estas prosas publicitárias, venham de onde vierem.

Monday, September 01, 2008