Tuesday, November 11, 2008

Subtilezas

Na primeira página do jornal O Público de hoje, dia 12 de Novembro, leio, num título em letras maiores do que o texto da notícia, que "Sócrates diz estar preocupado com dificuldades sentidas pelas empresas". Tudo bem, Sócrates terá dito isso. Na mesma página leio outro título: "cinco dezenas de empresas fugiram ao pagamento de um milhão de euros em impostos". No texto desta última notícia acrescenta-se que "o Ministério Público, a Direcção de Finanças de Lisboa e a GNR identificaram hoje, na Grande Lisboa, mais de cinco dezenas de empresas, maioritariamente do sector da construção, que estarão envolvidas na emissão de facturas falsas e que terão conseguido fugir ao pagamento de um milhão de euros em impostos." A minha perplexidade era inevitável: no primeiro caso, o título da notícia distancia-se de Sócrates, que diz que está preocupado... mas não se sabe bem se está. No segundo caso a informação sobre quem diz que as empresas fugiram ao pagamento de impostos vem de organismos governamentais, mas é apresentada no título como sendo uma verdade indiscutível. Não sei o que é que terá justificado a diferença de tratamento, visto que Sócrates, como se lê no corpo da notícia, também terá dito que "o Governo está preocupado com as empresas e tudo fará para as ajudar a enfrentar as dificuldades". Subtilezas de jornalistas.

1 comment:

RFF said...

Acho que é mais incompetências de jornalistas....