Monday, April 21, 2008

Dois poemas do Bruno

Gosto muito dos poemas do Bruno Béu. Transcrevo aqui dois do blogue dele sem lhe pedir autorização (um abraço, Bruno).

aproximação ao escuro


certamente que nisso que
dizes há alguma coisa
que esquecemos. espelhos e
mais espelhos onde o tempo
de ficarmos a olhar foi de
menos, quem sabe? um grito
não nos desviou disso que quase
se mostrava? hoje, a porta
ficou entreaberta, os risos
na sala ao lado são
os nossos, e pouco ou nada
no vidro deste copo se
mostra, mesmo que o deixemos
vazio (depois de um pouco
hesitarmos) num só trago.

estrada início

pouco depois do autocarro
sair da gare, ela, no caderno
escuro, escrevia a lápis: dentro
de dois dias, chegar será
o meu modo de dizer
sim. (e sublinhou a palavra)

No comments: