Tuesday, October 16, 2007

Je ne suis pas un texte

Entrei numa livraria francesa em South Kensington, folheei uns livros, comprei dois ou três, saí da livraria a repetir a frase inicial de um romance recente que tinha estado a folhear: "Je suis un texte." Um texto, eu? Somos textos, agora? Essa pirosice pseudo-intelectual ainda funciona? Estes franceses, à força de se levarem tão a sério enquanto gente com cabeça, já fazem rir.

No comments: