Thursday, June 07, 2007

A lot, a few

Estava eu sentado no Mercury, lá fora, a beber uma cerveja e a fumar um cigarro, quando vieram sentar-se ao pé de mim duas raparigas e dois rapazes (gente fina, como diria o M., que entretanto virou monge e já não tem ido ao Mercury). A ouvir a conversa deles percebi que a loira que ficou sentada ao meu lado era cabeleireira e tinha vinte e dois anos. A dado momento ouvi-a dizer calmamente, sem mexer uma sobrancelha sequer: It's better to have a lot of sex with few people than to have just some sex with a lot of people, don't you think? Os outros aprovaram e o flirt continuou. Eu fiquei pensativo. Não é que eu não estivesse de acordo. Não tinha era pensado nisso o suficiente nem imaginava que fosse tão simples decidir. Em resumo: quando se sai de casa sempre se aprende alguma coisa.

No comments: