Friday, February 02, 2007

oração à santa

a santa olha para o céu com muita serenidade
a alma da santa é uma pomba branca imaculada

os pés descalços da santa pisam o chão das abadias
as mãos da santa cruzam-se santamente muito brancas

eu queria amar a santa seduz-me a sua pureza intacta
queria sentir colado ao meu o seu corpo sobrenatural

sou um pobre pecador a santa ignora o meu desejo
dá aos moços da cavalariça o que me recusa a mim

eu sofro a olhar para a imagem da santa de perfil
para os seus olhos onde resplandece a santidade

vêm-me desejos insensatos de lhe morder a boca
de lhe dizer ao ouvido baixinho obscenidades

ó santa tem piedade de mim e do meu infortúnio
estende a tua mão divina para a minha solidão

eu depois tiro-te do altar e levo-te às compras
passamos a tarde na cidade vamos ver as montras

podes escolher sapatos saias vestidos e camisas
um enxoval completo para as tuas santas núpcias

casas-te com o duque na catedral das abóbadas seculares
e o heróico descendente renascerá no teu ventre ámen jesus

eu ofereço-me para apadrinhar o triunfo de tão santo amor:
maldição eterna em nome de cristo nosso senhor

surgiu-me quando fitava o horizonte na sexta-feira à tarde
de entre as nuvens a estampa da tua beata integridade

antes de seres santa por que caminhos penaste ó renascida
ó ressuscitada dos pecados ancestrais da raça mais boçal

ajoelho-me às tuas pernas cheio de emocionada adoração
toco com os meus dedos impuros a seda da tua saia branca

se olhas para o céu com esse ar de palerma embevecida
deixas de ser a minha padroeira nas dificuldades da vida


tu que nunca conheceste ó santa
amada a sombra do pecado
leva-me por veredas secretas até aos cimos consagrados

hei-de de longe deleitar-me a contemplar a tua virtude
serei o mais fiel devoto da tua impoluta juventude

pede a deus por mim intercede sempre em meu favor
e talvez no meu ferido coração volte a florescer o amor

No comments: