Wednesday, December 20, 2006

enigma 2

três raparigas serviam à mesa
a de seios pequeninos era a minha
preferida a mais bela sorria de lado
como uma verdadeira actriz de cinema
rosto perfeito mas eu tenho manias
chamava-se sofia e eu preferia-a
quando saímos perguntou gostaram
era a mais pequenina inspirou-me ternura
eu disse obrigado foi bom sofia e tu
os lábios dela eu vi brilhavam pintados
há pouco será que será que? pensei eu
voltem em breve adeus ok disse ela
é sempre preferível duvidar
eu olhei para trás uma vez mais
era preferível não ter olhado tão
de perto nem tantas vezes começo
a gostar das pessoas fora do tempo
daí as múltiplas decepções não tenho
emenda na dúvida ganha-se
tranquilidade? no entanto será que?
uma vez uma rapariga americana
num restaurante da califórnia
aceitava ir ao cinema comigo
disse-me vocês europeus não são
suficientemente incisivos focused
perdem-se em tentativas brincadeiras
e é simples deviam aprender a ser
enérgicos decididos convincentes
fiquei a pensar nisso as coisas que
eu perdi nunca entendi porquê talvez
o sonho seja uma coisa e uma vez que
se tem escapa-se o mistério ou
então é um problema meu falta de
paciência not focused interessado
o que eu perdi o amor as lágrimas
por causa da impaciência da distância
intransponível às vezes apetece bater
com a cabeça nos túmulos de pedra
antigos egípcios apetece mas é tudo
bruscamente o sono não se discute
era decidida e arranjou-nos uma mesa
dormir não sei se se assemelha à morte
o medo e a preguiça caracterizam-me
sofrerei até ao fim detesto-me bastante
talvez não tenhas a energia o interesse
e o amor é um comboio descarrilado
sinto-me bastante desiludido e cansado
como é que acabará esta história sofia?

No comments: