Wednesday, November 22, 2006

Não tiveste nada

Tens pai e mãe, rapazes que te admiram e desejam.
Mas vieste procurar no repouso do meu peito o amor.
Encostaste a cabeça no meu joelho nu, cruzaste as tuas
pernas com as minhas, acariciaste as minhas costas.
E em vez de te queixares do prazer que eu te dava,
começaste a sorrir quando te encontraste comigo.
Não tiveste medo da dor que a ausência pode trazer,
não me pediste que te amasse eternamente.
Apesar disso, e embora saiba que nada foi feito para durar,
estou aqui sentado a pensar em ti como se tu
fosses a pessoa mais importante da minha vida.

Santa Barbara, 20 de Julho 1997

No comments: